Choro Pro Santo

O Choro Pro Santo nasceu em 2005 com a proposta de interpretar música brasileira com a fusão de compositores clássicos e temas musicais de várias épocas. A principal característica do grupo é a junção de três instrumentistas virtuoses numa formação inusitada e original (percussão, acordeom e violão). Em meio aos arranjos do grupo – que toca desde Pinxiguinha, Hermeto Pascoal, Baden Powell e Ataulfo Alves a Vila Lobos, Albinoni, Tchaikovsky e Stravinsky - são interpretadas também composições próprias. Baseia seus ritmos no samba, baião e choro. Uma grande característica do grupo é a de trabalhar emoções e afetividades através de trechos incidentais com trilhas de filmes, desenhos, sons do cotidiano, músicas emblemáticas de várias fases e estilos como rock, jazz e erudito com muita sensibilidade, domínio e irreverência. Já se apresentou em vários estados e capitais do país como Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.