Eudóxia de Barros

Agenda

  • 12/04/2016 - Eudóxia de Barros -...
  • 24/05/2016 - EUDÓXIA DE BARROS N...
  • 00/00/0000 - Quarteto Villani 02....

Mais artistas

Uma das melhores e mais ativas pianistas brasileiras, desenvolve uma carreira admirável, permeada por sucessos e realizações obtidos com muita garra e trabalho árduo, complementando um grande talento e vocação. Em 1963 redescobriu Ernesto Nazareth, com a sua verdadeira importância, o que ocasionou o ressurgimento do chorinho. É fundadora e atualmente a Presidente do Centro de Música Brasileira e integra a “Academia Brasileira de Música”, desde 1989 (Cadeira nº l4), como Intérprete. Em 1995 recebeu o “Prêmio Nacional da Música” outorgado pela FUNARTE, como Intérprete. Vencedora do Concurso para solista da “North Carolina Symphony” (1º Lugar, por unanimidade), excursionou pelos Estados Unidos em 1967. Foi escolhida a “Melhor Recitalista de 1997” pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Gravou 31 LPs e 12 CDs. Realiza cerca de 40 a 50 concertos por ano, pelo Brasil e Exterior.

ERNESTO LECUONA ( 1895 – 1963 ) – Damisela Encantadora D. KABALEWSKY ( 1904 – 1987 ) – Sonata op. 46, n* 3: Allegro com moto / Andante cantábile
Allegro giocoso RACHMANINOFF ( 1873 – 1943 ) – Prelúdio em Sol menor, op.23, n*5
FERNANDO CUPERTINO ( 1959 ) – Primeira Valsa ( das “Duas Valsas” )
EDUARDO ESCALANTE ( 1937 ) - Marcha
CAMARGO GUARNIERI ( 1907 – 1993 ) :– Estudo n* 10 ( dedicado à Eudóxia de Barros )
ANTONIO RIBEIRO ( 1971 ) – Estudo n* 2 ( dedicado à Eudóxia de Barros )
OSVALDO LACERDA ( 1927 - 2011 ) - Cromos – 4* caderno: Mixolídio / Dórico / Lídio / Pentafônica
OSVALDO LACERDA ( 1927 - 2011 ) - Estudo n* 12( dedicado a Eudóxia de Barros )
ERNESTO NAZARETH ( 1863 – 1934 ) – Odeon ( tango )
ERNESTO NAZARETH ( 1863 – 1934 ) – Apanhei-te, cavaquinho ( Polca )